Cansei de ser loira: tudo sobre a minha transformação

Posted on

Oi gente, tudo certo? O post de hoje é muito especial e marca uma nova fase na minha vida. Quem me segue nas redes sociais já ta sabendo (aliás, se você não segue, aproveita agora: Facebook  e Instagram) que eu mudei radicalmente o meu visual. Após exatos 10 anos, voltei à cor natural dos meus cabelos, mas com um toque de charme e luminosidade. No entanto, ter essa percepção sobre a sua própria imagem e de como você fica realmente bonita demora um pouco, principalmente depois que você entra num círculo vicioso de fazer aquilo que acha que é o ideal, o mais bonito.

Eu literalmente era viciada em ser loira, chegando ao nível de colocar meu cabelo em risco em prol do loiro perfeito. Descoloração atrás de descoloração, infinitos processos de recuperação do fio, uma tentativa interminável de ter uma cabelo com mais volume e aspecto saudável. Tudo isso dava muito trabalho e fez parte da minha vida muito tempo, até que eu cansei.

Quis me libertar dessa escravidão que é ser loira e revelar o meu verdadeiro eu. Morena, linda e iluminada. Mas não pense que tomei essa decisão de última hora, porque eu já estava estudando a possibilidade há cerca de 8 meses. A vontade de mudar veio juntamente com uma série de fatores e acontecimentos positivos na minha vida, e eu adoro marcar os bons momentos. Oportunidade melhor não há! Enfim, esse post é sobre muito mais que uma simples mudança de cor de cabelos, acredite. É sobre empoderar-se, se sentir linda e ser a melhor versão de você mesma .

O Grande Dia

Fiz minha transformação no Orange Beauty Studio, um dos mais renomados salões de beleza de Brasília. E não foi por acaso que escolhi fazer tudo lá, mas sim porque acompanho há tempos o trabalho do Hair Stylist Junior Schröer, um super profissional e que dispensa apresentações. E essa é uma dica valiosa que eu quero deixar pra você: procure SEMPRE profissionais experientes para fazer qualquer mudança no seu visual. Não entregue o seu cabelinho para qualquer pessoa. Pesquise, pegue referências e faça a escolha certa.

Após uma avaliação prévia do meu cabelo e do detalhamento dos procedimentos que seriam feitos no dia anterior, cheguei mega ansiosa para a mudança. O Junior me explicou que o visagismo nos revelava que aquele tom de loiro que eu usava não tinha mais nada a ver comigo. E eu realmente entendi isso, principalmente devido às minhas características pessoais e ao meu novo estilo de vida.  Além disso, eu queria atualizar meu visual e aderir um cabelo com tons mais quentes e nuances luminosas, que trazem mais vida e personalidade ao hair e harmonizam com a tonalidade da minha pele e cor dos olhos.

Na pré-pigmentação é feita a devolução dos pigmentos ao fio descolorido. Nessa fase o Junior fez uma mistura de tons que remetiam à cor natural do meu cabelo e com uma nuance que proporcionasse a iluminação posterior de alguns fios. Já a iluminação foi feita em torno de todo o cabelo, com uma técnica que busca o efeito conhecido como hair countour. A descoloração é feita de forma livre (free hands), rápida e totalmente sem amônia. Aliás, esse é um ponto importante: todos os produtos usados no meu cabelo eram livre de amônia, o que tornou tudo muito menos agressivo, e bem diferente dos procedimentos que eu fazia enquanto ficava cada vez mais loira nesses últimos 10 anos.

Confira um pouquinho de como foi essa transformação:

 

0 Comments

Leave a comment

Your email address will not be published.